Tag Archives: Domitila

Aplicativo cultural interativo abre, virtualmente, as portas da Casa da Marquesa de Santos, no Rio de Janeiro

23 set
Visual do App do primeiro Mudeu da Moda Brasileiro, disponível para iOS e Android

Visual do App do primeiro Mudeu da Moda Brasileiro, disponível para iOS e Android

Costumes, personagens e histórias do Rio de Janeiro, desde a época em que a cidade era a capital do Império e o bairro de São Cristóvão era a sede da corte portuguesa, permeados pelo romance entre D. Pedro I e Domitila de Castro Canto e Melo, a Marquesa de Santos. Esta é a viagem no tempo que propõe o aplicativo Casa da Marquesa – São Cristóvão Cultural, patrocinado pela Prefeitura do Rio, por meio da Secretaria Municipal de Cultura, que será lançado no dia 22 de setembro pela Secretaria de Estado de Cultura do Rio de Janeiro (SEC). A tecnologia funcionará como um “olho mágico” para se explorar a construção, datada de 1827, e sua história até os dias de hoje, quando está sendo restaurada para abrigar o Museu da Moda Brasileira. Mais: na palma da mão, os usuários poderão ter acesso online ao acervo do museu, em fase de conceitualização.

Desenvolvido pela 32bits e produzido pela Editora Philae, em conjunto com a equipe de museólogas da Casa da Marquesa de Santos/Museu da Moda Brasileira, o aplicativo apresenta linhas do tempo ilustradas e galerias de fotos, incluindo detalhes da decoração do interior da edificação, uma joia arquitetônica brasileira que, entre 1827 e 1829, foi cenário do romance vivido pelo Imperador e a Marquesa de Santos. Pinturas decorativas atribuídas a Francisco Pedro do Amaral, aluno de Debret, estuques e detalhes em formato de coração conferem ar romântico à casa, que poderá agora ser visitada via smartphones e tablets.

O aplicativo apresenta 100 itens das coleções do museu, de vestidos e leques até pinturas e gravuras, louças e carnês de baile. Os usuários poderão responder a um quiz sobre a história do Brasil na época e tirar selfies, escolhendo as molduras para fotos idênticas às existentes no acervo do museu.  Além disso, o app traz o guia São Cristóvão Cultural, um mapa interativo do bairro imperial com suas instituições de cultura e lazer e seus pontos de interesse.

“O aplicativo segue uma tendência mundial de que um museu pode tornar-se acessível online no mundo inteiro, onde quer que seja. E a visão da Secretaria é justamente  trabalhar para que o conteúdo de nossos espaços e equipamentos ultrapasse paredes e chegue ao público, digitalmente, da forma mais moderna possível”, diz a Secretária de Estado de Cultura, Eva Doris Rosental.

“Para a Superintendência de Museus é emblemático iniciar a jornada digital dos acervos sob sua guarda com um aplicativo dedicado à Casa da Marquesa de Santos, um espaço que está sendo revocacionado e restaurado para cumprir sua missão”, afirma a Superintendente de Museus da SEC, Mariana Varzea.

“Estamos muito contentes com o lançamento desse aplicativo, que disponibiliza acervos, conteúdos e fotografias da Casa da Marquesa nesse momento em que estamos em meio às obras de restauração daquela edificação histórica”, afirma Márcia Bibiani, diretora da Casa da Marquesa de Santos – Museu da Moda Brasileira.

“Um museu pode continuar acessível online enquanto está fechado para reforma ou restauração, como é o caso de Museu de Arte Moderna de São Francisco, por exemplo. O app é dividido em quatro temas principais:  a história e a beleza da Casa da Marquesa de Santos, um bem tombado pelo IPHAN; o bairro de São Cristóvão, contando sobre o surgimento e as transformações de um bairro importante na história do Rio de Janeiro; e os personagens ligados à Casa, como o Visconde de Sapucaí e o Barão de Mauá”, explica Claudia Porto, mus